Os números que todo ortodontista deveria saber

Há cerca de 176 anos o dentista Joachim Lefoulon criou o termo ortodontiaDe lá para cá muita coisa mudou.

Aparelhos cada vez menores, autoligados e linguais, mas a transformação não para por aí. O mercado também mudou, e muito!

A ortodontia passou a ter um papel quase que fundamental na odontologia brasileira.

Você tem que escovar os dentes, passar fio dental e usar aparelho.

Isso é bom para a nossa profissão, pois deixamos de ser algo desejado e nos tornamos essenciais.

Mas vem cá, alguma vez alguma empresa já te perguntou quais são as maiores dificuldades que você enfrenta no dia a dia aí na clínica?

O Simples perguntou!

Queríamos saber de problemas práticos, e ninguém melhor do que os próprios dentistas e suas equipes para nos contar.
Como forma de agradecimento, escrevemos este artigo contando os principais problemas que os ortodontistas enfrentam. Assim vocês saberão que não estão sozinhos nessa! 😉


A pesquisa

Primeiro quero agradecer aos mais de 400 dentistas que responderam a pesquisa.
Eu e toda a equipe do Simples Dental somos muito gratos por toda ajuda e apoio que vocês nos dão.

Vamos aos resultados, acredito que eles evidenciam o cenário da gestão das clínicas ortodônticas do país. Por favor, leia e me conte o que você pensa sobre o assunto.

Entre os maiores problemas apontados, a perda de pacientes foi o principal, fortemente vinculado com as frequentes faltas dos pacientes, o atraso nos pagamentos, a dificuldade no acompanhamento do tratamento e no controle do agendamento das consultas.

Para você ter uma ideia, quase metade das clínicas não sabem quantos pacientes ativos de orto tem.


Você sabe quantos pacientes ativos de ortodontia a clínica tem?

45% das clínicas não sabe quantos pacientes têm ativos.

Isso é uma coisa muito séria, pois sem esse número você não sabe se está crescendo, diminuindo ou se suas ações estão gerando algum resultado. Sem contar que você não consegue ter uma provisão financeira exata.

Outra situação bem comum na clínica é o acompanhamento dos pacientes com manutenção em atraso. 52,5% das clínicas não sabem quem está devendo. Isso significa que muitos dentistas por aí estão trabalhando de graça.

Vocês têm controle de quantos pacientes estão com manutenção em atraso?

52,5% não sabem quais pacientes estão com manutenção em atraso
E por último, um dado que eu já imaginava, dois terços das clínicas não sabem quanto crescem (ou diminuem) por mês.

Você sabe quantos novos pacientes de orto vocês conseguem todo mês?

67,2% das clínicas não sabem quantos novos pacientes têm mensalmente

Esse dado é muito importante, pois isso define como está a saúde do nosso negócio e se nossos investimentos em marketing e indicações dos nossos pacientes estão funcionando.

Se você já tinha se atentado a todos os números que foram citados, meus parabéns! Você faz parte de uma minoria.

Agora se você faz parte do outro grupo, não se preocupe muita gente também tem esses problemas.

Confesso que esses números me preocuparam, mas fico feliz em saber que o Simples existe e está aqui para criar soluções para facilitar o dia a dia de vocês.

E eu te garanto que nós não ficaremos de braços cruzados!

Quer ser um dos primeiros a ter acesso à surpresa que estamos preparando?

Deixe seu contato aqui: https://goo.gl/XtrfE1 

Qualquer dúvida deixe seu comentário aqui embaixo que eu faço questão de te responder!

Um grande abraço.

 

 

Ramon Maciel
Ramon Maciel cirurgião dentista e co-founder do Simples Dental, Simples Lab e Site do Doutor. Responsável pelo marketing e atendimento dos produtos. Viu que contar historias é legal, mas fazer história é muito mais desafiador.