5 dicas matadoras para cortar os gastos no seu consultório

Reunimos algumas dicas importantes para você cortar gastos e guiar tranquilamente as decisões financeiras da sua empresa.

1. Avise seus sócios e funcionários que a empresa precisa cortar os gastos

A sua equipe precisa saber o que está acontecendo no consultório. Deixe bem explicado quais foram os motivos de você ter tomado esta atitude, e garanta que com a ajuda deles tudo ficará mais fácil. Com uma relação de cumplicidade, sua equipe entenderá e te ajudará nesse momento pois entendem que você também os considera importante a ponto de compartilhar as necessidades da empresa.

2. Estipule um valor máximo para os gastos do consultório

A organização financeira é crucial para um bom investimento do seu dinheiro. Elabore com todos os sócios e funcionários os valores que você pode gastar mensalmente, junto com o faturamento médio do consultório e descubra se o total de suas compras estão compatíveis com o seu orçamento. Dessa forma é possível controlar os gastos e verificar onde você pode adicionar ou cortar receita.
Fazendo tudo de forma consciente, você garante que as suas compras não saiam do limite pretendido.

3. Preste atenção aos gastos básicos, e controle tudo

Você não precisa se esforçar muito para poupar energia e água por exemplo. Retire sempre os computadores e aparelhos eletrônicos da tomada e tente usar o email ou Skype sempre que possível. Para confirmar as consultas dos paciente, tente por exemplo usar um sistema que avise sobre a consulta por SMS.  Mensagens de texto são mais baratas e tem um nível de alcance bem próximo da ligação, além de serem menos intrusivas.

4. Seja um negociador

Peça descontos. Mesmo que pouco, você pode e tem o direito de pedir descontos sempre que for comprar algo para seu consultório.
Outra dica é se planejar e reservar um tempo para pesquisar sempre que for fazer uma compra significativa. Pesquise na internet e ligue para seus fornecedores em busca de um preço melhor. Isso fará a diferença no final do mês.

5. Contrate um software

O investimento não é tão alto, e o seu retorno a médio e longo prazo é indiscutível. Mesmo se você tiver algum especialista em finanças na sua equipe, um software pode controlar erros no seu planejamento financeiro que ninguém ainda havia visto. Além da otimização dos seus esforços,  o software te dá os gastos detalhados e te ajuda a lembrar de cobrar e pagar contas. Caso você queira utilizar um software, você pode testar o Simples Dental por 7 dias grátis.

E aí, o que achou das dicas?  Tem alguma outra ideia que possa ajudar? Conta para nós nos comentários!

banner-posts-plano-vendas

Você pode gostar...

Deixe um comentário