Conteúdos para atrair pacientes particulares de implante dentário

Por Matheus Marcondes

Como despertar a atenção e atrair pacientes  de implante dentário na internet com tantas distrações e concorrência nas redes sociais?

Segundo especialistas em marketing, empresas que possuem uma estratégia de conteúdo têm tráfego (visitas ao site, ou redes sociais) até 8 vezes maior que as que não possuem. 

Na prática isso significa que: se você tem uma estratégia de conteúdo, você tem 8 vezes mais chances de conquistar novos clientes, impactando não apenas na sua renda, mas também na sua presença de marca (brandin g).

Mas por que e como você pode construir uma estratégia de conteúdo? Acompanhe no post e comece a aplicar as dicas na sua clínica.  

Menu de navegação 

1 → Pesca de rede x pesca de vara

2 → O jeito tradicional

3 → Como fazer diferente

4 → 3 exemplos criativos para atrair pacientes

Porque ter uma estratégia de conteúdo na sua clínica

1 → Pescaria de rede x pescaria de varinha

Existem mais 280 mil dentistas no país brigando pelo mesmo paciente. Mas, existe um paciente bom esperando o seu conteúdo na internet.

Como “pescar” esse paciente?

Quando fazemos essa associação entre pescaria de rede X pescaria de varinha, a partir dos tipos de anúncios trabalhados, fica fácil entender a diferença.

Pescar de rede seria trabalhar, por exemplo, com mídia offline, uma vez que você pode acabar “pescando” todos os tipos de paciente que existem.

Na pesca com rede vem todo o tipo de peixe, não tem filtro e você não consegue escolher quais pescar e quais descartar previamente.

Por outro lado, na pescaria com vara (mídia online) é possível ter muito mais foco.

Nesse tipo de pescaria/anúncio você sabe exatamente o que usar para captar/pescar o tipo de paciente que você quer.

Trata-se de uma mídia segmentada, direcionada, filtrada.

2 → O jeito tradicional

Talvez você não saiba, mas o jeito tradicional de fazer odontologia nas mídias não funciona mais.

Muitos dentistas se pegam pensando:

  • “Pra que postar?”
  • “Vou postar quando sobrar tempo.”
  • “Vou postar o que der.”

Por fim, acabam por não fazer nada e nunca aparecem para os seus pacientes.

Erros assim é o que chamamos de CICLO O.D.E. (Ciclo Odontologia da Esperança).

Dentistas presos neste ciclo simplesmente “sentam e esperam” o paciente entrar pela porta.

A grande verdade é que você precisa investir e testar!

Quando uma mídia não é pensada, não é original, conectada com seu paciente, muito provavelmente ela não vai resultar em absolutamente nada.

Uma mídia copiada do dentista concorrente, publicações que todo dentista está fazendo, é só mais um do mesmo.

Analise suas últimas publicações.

  • Você tem postado conteúdos que impactam seu público?
  • Seus posts despertam interesse nos pacientes?
  • Você só tem usado uma linguagem técnica, de dentista?

A internet está gritando para que você faça algo!

Agora!

3 → Como fazer diferente

No Método i95D, que eu apresento no meu curso Clínicas do Futuro, você encontra o caminho das pedras para se diferenciar de uma multidão de dentistas que estão publicando as mesmas coisas e brigando pelo mesmo público.

Mas, vou trazer aqui, de forma resumida, o passo a passo do que ensino por lá:

O primeiro passo é conhecer Os 3 P’s da Odontologia:

  1. Por quê?
  2. Pra quem?
  3. Produto

Vamos descobrir como identificar cada um a seguir.

1º P – Por quê?

“Ninguém compra o que você faz, mas sim, o porquê você faz.”

Boas práticas

Como fazer:

“Quando eu instalei o primeiro implante da Dona Maria, eu percebi que aquela era a minha missão de vida aqui na terra, porque a transformação que eu causei na vida dela, eu gostaria de causar em mais pessoas. Eu acredito que você pode ter o seu melhor sorriso pra sempre através dos implantes dentários. Se você também acredita no que eu acredito, clique aqui embaixo e agende sua avaliação.”

Como não fazer:

“Olá, eu sou o Dr. Matheus, especialista buco maxilo há mais de 17 anos e já fiz mais de 8.357 implantes. Venha fazer seu implante comigo, deixe seu telefone nos comentários que entraremos em contato..”

Quantas mídias você já viu por aí?

Talvez, você mesmo esteja fazendo algo do tipo…

Se é o caso, pare agora mesmo!

2º P – Pra quem

“Você escolhe ou é escolhido?”

Ter tantos pacientes “no cardápio” a ponto de poder selecionar quais você quer atender, é a sua realidade ou está apenas nos seus sonhos?

Se você pudesse fazer uma lista, quais tipos de pacientes você sente mais prazer em causar uma transformação de vida e de história?

A partir do momento que você sabe qual paciente você deseja atender, você tem nas mãos o poder de criar mídias direcionadas, que vão conversar diretamente com eles. Algo como:

“Você, que durante muitos anos cuidou dos filhos, do marido, da casa e agora, cuida dos netos, mas nunca teve um tempo para cuidar de você mesma, chegou esse momento. E eu, Dr. Matheus, acredito que essa transformação na sua história virá através dos implantes dentários. O próximo sorriso que eu espero devolver é o seu. Te espero para uma avaliação.”

3º P – Produto

“Qual a sua única coisa?”

É você quem deve escolher o seu produto.

Seja você um recém-formado ou um profissional com décadas de experiência, na prática da profissão você já deve ter descoberto qual especialidade você mais se identifica.

A especialidade que você mais curte atender e que está intrinsecamente relacionada com o seu porquê.

Basta pensar:

Você faria isso pelo resto da sua vida?

Se sim, pronto! Você encontrou o seu produto.

Se não, continue procurando até encontrar a SUA odontologia.

>>> Leia mais: 6 dicas para organizar e otimizar a gestão financeira do consultório odontológico. <<<

4 → Três exemplos de criativos para atrair pacientes de implante dentário

Conteúdo sobre o seu produto/tratamento

Se você não gosta de gravar vídeos para publicar nas suas redes sociais, não grave.

Não precisa fazer o que o “dentista x, y, z” estão fazendo para ter os seus próprios resultados.

Seja natural e não faça nada que seja forçado para a sua realidade e com o que você acredita.

As redes sociais servem como uma corrente de relacionamento. Independente de como você vai aparecer, você precisa estar lá, para que seus pacientes o encontrem.

Você pode publicar vários tipos de conteúdo, como: 

  • Fotos dos implantes;
  • Fotos dos tratamentos que você entrega;
  • Fotos de pacientes;
  • Explicar como funciona um tratamento e quanto tempo demora;
  • E principalmente foque em desenhar conteúdos para quebrar  objeções.

Prova social com paciente real

Provas sociais são conteúdos importantes , pois são seus clientes vendendo para vocês

Para se ter uma ideia, cerca de 80% dos internautas consultam opiniões de outros consumidores antes de comprar ou adquirir um serviço.  Você pode coletar depoimentos em fotos ou vídeos, mostrando pacientes reais que você atende na sua clínica, registrar a entrega dos tratamentos, sempre contando a história dos pacientes em cada publicação.

É isso que conecta com outros pacientes na mesma situação.

Selecione 3 a 5 pacientes que “te adoram”, aqueles que você sabe que causou as maiores transformações e, segundo a disponibilidade de cada um, peça para fotografar ou gravar um vídeo com um breve depoimento com alguns tópicos simples:

  • Qual era o seu maior problema antes do tratamento?
  • O que você deixava de fazer por conta desse problema?
  • Como foi a busca pela clínica?
  • Como foi a experiência com o tratamento (doeu? demorou? foi caro?)
  • Como é a sua vida hoje, depois do tratamento?
  • O que você diria para outras pessoas como você que deveriam fazer o tratamento?

Você pode ficar livre para pensar em outras perguntas que achar relevante 😉

O objetivo desses posts com prova social é mostrar que outras pessoas, na mesma condição, conseguiram realizar o sonho de determinado tratamento.

Explore fotos e vídeos de pacientes reais, satisfeitos com seu novo sorriso. Pode abusar de chamadas apelativas, como: Até quando você vai suportar não sorrir? Quanto custa não comer o que você tanto gosta? Qual o valor de esconder um sorriso de um neto?

Post com quebra de objeções

Objeção: Qualquer fator que impeça o paciente de fazer o tratamento.

Existem 5 objeções universais:

Você sabe quais são elas?

Vamos lá:

1 – Isso é pra mim?

2 – Isso é pra mim agora?

3 – Vou me f@#$r se eu comprar isso?

4 – Eu confio na pessoa que tá vendendo?

5 – Por que está tão barato?

Mas, ainda existem outras 4 objeções específicas da odontologia:

1 – Medo

2 – Tempo

3 – Distância

4 – Dinheiro

Posts com quebra de objeção adiantam um grande passo, uma vez que tendo visto o post, o paciente já vem com aquela dúvida respondida antes da avaliação.

Gostou deste post?

Para saber mais sobre o Método i95D clique aqui!

Até a próxima!

Você pode gostar...

Deixe um comentário