Auxiliar de dentista: quais as principais funções e habilidades

Auxiliar-de-dentista-quais-as-principais-funções-e-habilidades.png

Já pensou em apoiar o dentista  no consultório? Veja o que é preciso para se tornar um auxiliar de dentista e ajudar a melhorar o atendimento da clínica!

Quem trabalha como secretária em consultório de odontologia acaba entendendo bastante sobre a área. É o dia inteiro ouvindo os termos, marcando consultas e exames e, muitas vezes até dando uma mãozinha ao dentista naqueles dias mais atribulados. E fica aquela pergunta: por que não se tornar um auxiliar de dentista

A ideia também é atraente para quem tem grande afinidade com a área e está em busca de uma profissão. Afinal, o ideal é mesmo que, lá dentro do consultório, o dentista não precise ficar sozinho. E tem horas que essa ajuda é fundamental, não é mesmo?

Se essa ideia existe e aumenta cada vez mais, saiba que esse pode ser um investimento muito interessante na sua carreira. Até porque a presença de um auxiliar de dentista reforça a imagem de profissionalismo e bom atendimento da clínica e, por isso, está cada vez mais valorizada. 

___________________________________________________________

MENU DE NAVEGAÇÃO

Mas afinal, quem é o auxiliar de dentista?

Principais funções do auxiliar de dentista

Diferenças do auxiliar de dentista e do técnico em saúde bucal

Quais habilidades são fundamentais para um auxiliar de dentista

O que é preciso para ser auxiliar de dentista

___________________________________________________________

Mas afinal, quem é o auxiliar de dentista?

Por mais que a secretária até auxilie informalmente o dentista, essa não é a situação ideal. Nem que o auxiliar de dentista ajude a resolver a burocracia. A verdade é que cada um tem um papel bem diferente.

E a verdade é que deve permanecer assim, cada um com a sua função. A secretária deve cuidar apenas do atendimento e da parte administrativa como um todo. Até porque o auxiliar de dentista é um profissional mais qualificado para, como o nome diz, auxiliar o dentista diretamente com o paciente. 

Para isso, o auxiliar de dentista deve ter um curso de capacitação equivalente. A ideia é que ele ajude o dentista a se concentrar no que está fazendo sem precisar se preocupar com coisas periféricas, como os instrumentos.

Então enquanto a secretária cuida da gestão e do relacionamento com os pacientes antes e depois do atendimento, o auxiliar de dentista cuida para que tudo saia perfeito durante o procedimento.

Por isso é que o auxiliar de dentista faz parte de um padrão de equipe odontológica de qualidade. E você sabe como seus pacientes valorizam os diferenciais de atendimento. Afinal, todo mundo gosta de se sentir bem cuidado, não é mesmo? 

Principais funções do auxiliar de dentista

Tem muitas coisas que não estão relacionadas diretamente ao trabalho do dentista e que acabam tomando um tempo desnecessário. A montagem da sala, a preparação do paciente, esterilização de instrumentos e por aí vai. Por isso, tem várias funções que podem ser assumidas pelo auxiliar de dentista.

Instrumentação

O auxiliar de dentista ajuda com a instrumentação durante os procedimentos. Pode ser em uma remoção de siso, manutenção de aparelho ortodôntico, limpeza profilática… 

Enfim, ele vai garantir o acesso seguro e rápido do dentista ao instrumento ou ao acessório necessário no tempo certo, precisar parar o que está fazendo para procurar.

E é dele também a responsabilidade pela montagem dos aparelhos que forem necessários para o atendimento.

Atendimento aos pacientes

O auxiliar de dentista também pode ajudar fazendo uma triagem ou atendimento inicial. Mas não confunda com o trabalho da secretária. A sua função é conversar com o paciente para coletar as informações iniciais, podendo, inclusive, fazer a anamnese. 

E de acordo com o caso, ele já pode separar também a instrumentação básica necessária. Além disso, o auxiliar de dentista também pode preparar a paramentação do paciente, ajustar a cadeira na posição mais confortável e até anotar as reações durante os procedimentos, por exemplo.

Controle de infecção

A ideia é que o dentista também não precise perder minutos preciosos preparando o consultório. A desinfecção do ambiente também é função do auxiliar de dentista. Ele deve cuidar da esterilização dos instrumentos, do descarte adequado dos materiais de uso único já utilizados, da limpeza de resíduos e substâncias químicas… 

Enfim, o controle de infecção da clínica é uma das funções mais importantes do auxiliar de dentista, protegendo o dentista, toda a equipe e os pacientes

Auxiliar de saúde bucal

O nome oficial do auxiliar de dentista é, na verdade, auxiliar de saúde bucal (ASB).  Ele tem os conhecimentos teóricos e práticos para ajudar o dentista e melhorar o bem-estar geral dos pacientes. 

Diferenças do auxiliar de dentista e do técnico em saúde bucal

Apesar de oficialmente o nome da função ser auxiliar de saúde bucal (ASB), o auxiliar de dentista não é a mesma coisa que o técnico em saúde bucal (TSB). Mas é claro que a semelhança costuma confundir. 

As duas funções são regulamentadas pela Lei 11889/08, portanto ambas precisam de registro nos Conselhos Federal e Regional de Odontologia (CFO e CRO, respectivamente).

Mas a diferença é como o próprio nome já diz: o TSB tem mais conhecimentos técnicos. Com isso, ele está autorizado a fazer pequenos procedimentos odontológicos e até a treinar e capacitar outros membros da equipe clínica – como o próprio auxiliar de dentista

Quais habilidades são fundamentais para um auxiliar de dentista

Se você quer ser um auxiliar de dentista precisa ter algumas habilidades, claro. Uma delas é a capacidade de memorização do lugar correto dos instrumentos e de cada objeto no consultório

Mas há várias outras fundamentais para ser um bom auxiliar de dentista.

Organização

Ele deve organizar todo o consultório, colocando tudo em seu devido lugar antes e depois de cada consulta ou procedimento. 

Empatia

O atendimento humanizado não é só uma tendência. Quem trabalha com odontologia sabe que é também uma exigência cada vez maior dos pacientes. E a empatia é fundamental para que o auxiliar de dentista entenda o paciente colocando-se em seu lugar.  

Boa comunicação

Da mesma forma, o auxiliar de dentista precisa saber se relacionar e se comunicar de forma clara e harmoniosa com pacientes e os demais membros da equipe. É muito importante que essa habilidade interpessoal seja demonstrada com todos, e não apenas com o dentista.

Proatividade

Imagine ter um auxiliar que você precise ficar mandando fazer as coisas o tempo todo. Vai mais atrapalhar do que ajudar… Então você não pode ser assim se quer assumir essa função. E por isso a praticidade é uma habilidade essencial. Mais do que seguir ordens, o profissional precisa antecipar situações e riscos para agir preventivamente e evitar problemas. 

Saber lidar com imprevistos

Da mesma forma, alterações e situações inesperadas podem acontecer a qualquer momento. O auxiliar de dentista precisa estar apto a lidar positivamente com imprevistos, oferecendo soluções que melhorem a qualidade do atendimento e ajudem o trabalho do dentista.

Didática

Outro ponto importante é que o auxiliar de dentista não seja acomodado. Ao contrário, ele deve ser capaz de pesquisar e propor ações educativas relacionadas à saúde bucal dos pacientes.

O que é preciso para ser auxiliar de dentista

A presença de um verdadeiro “braço direito” no consultório pode ajudar muito a rotina no consultório. E, de uma certa forma, dá mais segurança também para o paciente.

Mas, como dissemos antes, não é qualquer pessoa que pode assumir a função. Pelo menos não desde 2009, quando a função de auxiliar em assistência bucal foi regularizada.

Por isso, mesmo já trabalhando há anos como secretária de dentista, é preciso ter um curso de capacitação em auxiliar de saúde bucal. E há vários no mercado, online e presenciais. 

Mas seja qual for a escolha é muito importante que tenha certificação e seja reconhecido pelo CFO. A escolaridade mínima para o curso é o nível fundamental completo.

No total, esses cursos devem ter 400 horas, sendo 85 delas em estágio supervisionado, e duração de seis meses.

Para você que vê seu dentista se virando sozinho no consultório, sabe que não faltam vantagens. O auxiliar de dentista ajuda a otimizar as consultas, a organizar o ambiente e ainda melhora a experiência do paciente, contando mais pontos para a clínica.

E já que a gente está falando de colaboradores no consultório, que tal conferir as funções da secretária do dentista?

banner-posts-plano-vendas

Você pode gostar...

Deixe um comentário